ALIMENTAÇÃO NA GRAVIDEZ: DICAS E CUIDADOS

0
257
alimentação na gravidez
ALIMENTAÇÃO NA GRAVIDEZ: DICAS E CUIDADOS
5 (100%) 4 votes

Uma dieta saudável é parte importante para um estilo de vida que preza pela qualidade, seja qual for o momento. A alimentação na gravidez não poderia ser diferente, já que agora o que o você come afeta diretamente uma vida no qual carrega em seu ventre.

Uma alimentação de qualidade na gravidez é aquela que contém todos os nutrientes necessários para garantir a boa formação de todos os sistemas e estruturas do bebê. Você não precisar ter uma dieta especial, mas é importante variar os alimentos para encontrar o equilíbrio de vitaminas e minerais que o bebê necessita. Vale ressaltar que talvez seja preciso fazer uso de alguns suplementos para ter certeza de que você obtenha tudo o que precisa.

Durante a gravidez, provavelmente você irá sentir mais fome do que o normal. Entretanto, não é necessário “comer por dois” como a maioria das mulheres pensam. Isso vai fazer você engordar ainda mais e dificultar a perda de peso no pós-parto. De uma maneira geral, restrinja o consumo dos alimentos que são ricos em gorduras e açúcares.

Alimentação na gravidez

Frutas, legumes e vegetais

Uma alimentação de qualidade não pode deixar de fora as frutas, os legumes e os vegetais, pois estes fornecem praticamente todas as vitaminas e minerais que você precisa. Além disso, esses alimentos também são boas fontes de fibra, que ajudam a prevenir a prisão de ventre.

O ideal é consumir pelo menos 5 porções de uma variedade de frutas, legumes e vegetais, todos os dias. Não esqueça de sempre lavar esses alimentos com muito cuidado.

Proteínas

Alimentos ricos em proteína devem fazer parte diária da alimentação na gravidez. As principais fontes de proteína incluem:

  • Carnes vermelhas (evite os fígados);
  • Ovos;
  • Peixes;
  • Aves;
  • Nozes e castanhas;
  • Feijões;
  • Leite e derivados.

De preferência, opte pelas carnes mais magras e tente não adicionar gordura ou óleo no preparo. Tenha certeza que os ovos assim como as carnes estejam bem cozidos, principalmente a carne de porco.

O indicado é variar um pouco, tente ter peixes na sua refeição pelo menos uma vez por semana. Escolha aqueles que além das proteínas são ricos em gorduras saudáveis (ômega-3), a exemplo do salmão e da sardinha.

Carboidratos 

Os carboidratos são ótimas fontes de energia. Esse nutriente funciona como uma espécie de “combustível” para o corpo. Entre os alimentos onde você pode encontrar os carboidratos estão:

  • Pães;
  • Batatas;
  • Cereais;
  • Arroz;
  • Massas;
  • Milho;
  • Feijões;
  • Mel;
  • Bolos;
  • Frutas.

A alimentação na gravidez deve ser constituída por pouco mais de um terço de alimentos ricos em carboidratos. No entanto, de preferência, escolha os grãos integrais ao invés dos refinados (brancos). Os alimentos derivados da farinha branca são muito calóricos, fazendo com que você ganhe muito peso. O mesmo ocorre com os bolos e doces em geral, tenha cuidado com estes.

Lacticínios

Os lacticínios (leite e seus derivados) são importantíssimos para a alimentação na gravidez. Além de serem boas fontes de proteína, são ricos em cálcio e outros nutrientes fundamentais para você e o seu bebê. O cálcio é um nutriente que está intimamente ligado com desenvolvimento ósseo do bebê.

Lanches saudáveis

Se você ficar com fome entre as refeições, o que é totalmente normal, evite os lanches gordurosos e açucarados. Em vez disso, escolha algo mais saudável como:

  • Sanduíches naturais;
  • Iogurtes com baixo teor de gordura;
  • Frutas em geral;
  • Cereais não açucarados;
  • Pães integrais.

Alimentos que você deve ter mais cuidado

De uma maneira geral, você ter cuidado com as alimentos ricos em gorduras e/ou açucares. Dentre os quais incluem:

  • Óleos (soja, girassol, etc);
  • Molhos de salada (condimentados);
  • Chocolates;
  • Frituras em geral;
  • Bolos e biscoitos;
  • Sorvetes;
  • Refrigerantes;
  • Alimentos processados em geral.

Os doces em geral assim como os refrigerantes são alimentos hipercalóricos e pobres em nutrientes, devem ser evitados quando possível. Esse tipo de alimento está diretamente ligado a uma série de problemas de saúde, tais como:

  • Obesidade;
  • Diabetes;
  • Problemas cardíacos;
  • Altos níveis de colesterol ruim no sangue (LDL);
  • Pressão alta.

Como preparar os alimentos

Uma boa alimentação na gravidez envolve também a questão do preparo dos alimentos. Dentre os cuidados que você deve tomar incluem:

  • Lavar as frutas, legumes e vegetais com muita atenção (você deve remover os vestígios de terra, pois podem conter um parasita que causa a toxoplasmose, doença essa que prejudica o feto).
  • Lave todas as superfícies e utensílios, assim como suas mãos;
  • Certifique-se que os alimentos crus são armazenados separadamente dos alimentos prontos para o consumo (isso evita o risco de contaminação e intoxicação alimentar);
  • Use uma tábua de corte exclusiva para o manuseio das carnes cruas;
  • As carnes em geral, incluindo aves e peixes devem estar muito bem cozidas (evite as carnes mal passadas).

Como você viu, a alimentação na gravidez é importantíssima para a manutenção da sua saúde e para o bom desenvolvimento do feto. Além disso, se você tiver hábitos alimentares saudáveis durante sua gestação, será mais fácil voltar ao peso normal após o parto.

O que você achou do artigo? Comente, curta ou compartilhe.

Leia também: